Paz interior

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Paz

PAZ INTERIOR

Em virtude da sociedade contemporânea ter conseguido avanços inegáveis em termos de ciência e tecnologia, é mais do que compreensível que tenha havido uma valorização quase que exclusiva do QI, a inteligência racional, ao longo das últimas décadas, sendo que, somente em meados dos anos 90, começou-se a falar sobre o QE, propagada pelo livro Inteligência Emocional de Daniel Goleman, que a humanidade necessitava urgentemente para modificar um modo de vida muito baseado no racional em detrimento do emocional.

Hoje vivemos num mundo de intensos relacionamentos, porém muito mais virtuais do que reais, o que nos induz a buscarmos soluções mais fora de nós, levando muitos ao desespero, pela constante sensação de insegurança sobretudo psicológica.

É neste novo contexto que surge com força a necessidade de desenvolvermos a Inteligência Espiritual, propagada pelo livro de Danah Zohar e Ian Marshall, para fazer frente às novas demandas desta era das incertezas, onde é cada vez mais evidente, que o ser humano não pode mais viver restrito ao plano racional e emocional, mas que se exige também uma urgente expansão da consciência, que potencializará os pilares do QI e QE com os novos atributos, sobretudo da intuição.

Como faremos essa transcendência?
Através da percepção do nosso interior, buscando o reequilíbrio, a nossa essência, o Eu verdadeiro definido como Self por C.G. Jung, e para nossa surpresa, será dentro de nós que descobriremos motivos para nos elevarmos.

Nessa viagem que requer simplesmente a consciência de que somos muito mais do que um Ego excessivamente voltado ao que nos cerca, ao mundo das aparências, observaremos algo talvez novo não somente em nós, mas também nos outros, e diante dessa nova perspectiva não teremos dúvidas de que: “Fomos criados à imagem e semelhança de Deus”, não para nos vangloriarmos, mas para estarmos cientes da nossa responsabilidade neste mundo e, a partir daí, buscarmos propósitos para vivermos definitivamente motivados, devido ao simples fato de que nos sentiremos alicerçados num terreno sólido, que nos permitirá inclusive o impulso necessário para voarmos como águias, que durante as tempestades procuram ultrapassar as nuvens, pois sabem que é lá no alto que sempre encontrarão a PAZ!

Lauro Zensei Kanaschiro – Life Coach e Psicanalista Clínico

Fechar Menu